Deixei de beber: as conseqüências para o corpo e saúde

A ingestão regular de bebidas alcoólicas (cerveja, vinho ou vodka), para muitos começa na tenra idade. Até que o corpo jovem e forte, ele não irá causar complicações graves. Se é inócuo coragem no círculo de amigos, em um primeiro momento é percebido como algo normal, sem o qual a vida parece um pouco chato. Para alguém divertidos encontros permanecem no passado, e a vida muda em um novo, mais profundo e significativo fase. Outra do mesmo estado imaginário de prazer custa caro, o salário chega rapidamente, e as conseqüências são imprevisíveis. O homem já não vai perceber que outro copo de vodka ou cerveja em um copo de levá-lo em um buraco negro, onde não há fundo e espera iminente de morte.

deixei de beber impacto sobre a saúde

Perversa, as conseqüências para o organismo

Muitos não percebem é que o poder destrutivo do álcool é grande e é irreversível. Depois de um longo período de esquecimento, quando a pessoa drasticamente deixei de beber vodka, a cerveja, o vinho, o fumo, a necessidade física de continuar a usá-los é salva, e é o que chamam de "branca febre": o pesadelo de agonia dias. Abusem do álcool, as pessoas muitas vezes se perguntam: como parar de beber, de fumar? Todos sabem que parar abruptamente beber cerveja ou outras soluções à base de álcool de uma bebida perigoso, ao esgotamento do corpo são possíveis e letais, e as pesadas conseqüências depois de uma sistemática de intoxicação do organismo.

Em períodos de farras no corpo se concentra uma enorme quantidade de substâncias tóxicas, quando uma pessoa drasticamente deixa de fumar, de beber (mesmo a cerveja), então, naturalmente, ele vai procurar uma assistência médica para realizar a desintoxicação com a ajuda de medicamentos. Este processo ocorre de forma diferente, a gravidade depende da duração do uso de álcool e seu número, se uma bebedeira limitado a 2 dias, o organismo recupera rapidamente.

Que tipo de patologia se manifestaria

Se uma pessoa deixa de beber bebidas alcoólicas, as mais graves consequências vêm através de um pequeno intervalo de tempo. Depois que a pessoa pára abruptamente consumir cerveja ou vodka, se manifestam:

  • muscular arrepio;
  • insônia, ansiedade, depressão;
  • dor de cabeça;
  • convulsões;
  • alucinações;
  • taquicardia;
  • náuseas;
  • intestinais;
  • aumento da pressão arterial;

Nos primeiros estágios após a interrupção abrupta do consumo de vinho, cerveja sem a intervenção de médicos e que o homem não terá de enfrentar uma forma grave de complicações. Quando um médico qualificado conseqüências principais sintomas são suavizadas, mas o estado mental do paciente permanece extremamente instável. Ela se manifesta imotivada medos, insônia.

Problemas de saúde

Alcoolismo crônico, já há muito tempo que não pertence à categoria de maus hábitos, e é classificado em nosso país e de outros países, como a doença mental. Já vão longe os tempos, quando a marca de vergonha de alcoólatras. Agora é a hora, quando uma pessoa que sofre de alcoolismo, provoca sentimento de piedade para outros, a compaixão tem entes queridos. Irreversíveis os processos do organismo ocorrem, roçando não apenas o sistema nervoso central, mas também outros órgãos, que são surpreendidos com a não menos. Então, quais os órgãos afetados como resultado do abuso de álcool?

O cérebro

o alcoolismo

Este órgão será exposto ao ataque de substâncias tóxicas em primeiro lugar. Quando chega o calor, a abstinência de todo o organismo (retirada estado), isso significa que se acostumara a receber uma certa dose de etilo o cérebro necessita de mais tóxicos. Se o componente nocivo não chegam, as consequências do trabalho crucial do órgão é que ele não é capaz de executar suas funções. Ao longo beber cerveja ou álcool são surpreendidos com suas parcelas, que controlam as principais funções comportamentais, a memória. Com a acentuada cessação de uso de etilo em humanos ocorre mudanças freqüentes de humor – corrosivos manifestações de profunda depressão, deterioração da memória, até a sua perda.

Sistema circulatório

A causa mais comum de tratamento de alcoólicos aos médicos é uma dor no coração, depois que eles drasticamente parar de beber, de fumar. Cardíaca patologia, se ela está relacionada com o consumo de bebidas alcoólicas, onde a cerveja não é uma exceção, manifesta-se mais frequentemente e muitas vezes se torna a causa de uma parada súbita elemento do órgão. Em outros casos, depois de o homem decidiu-se bruscamente a parar de fumar, de beber, ocorrem distúrbios cardíacos, manifestam-se pronunciados cardiomiopatia, álcool, hipertensão e outras doenças cardiovasculares.

Respiratórias

Mortos os pulmões de pacientes com alcoolismo são observados com mais freqüência do que outras pessoas. Isso é agravado pelo fato de que beber e fumar dependentes as pessoas preferem ao mesmo tempo. As toxinas penetrar profundamente no bronco-o sistema através das vias respiratórias. Normalmente é acompanhada de tosse, sibilos, e se a tensão física aumenta, esses sintomas são agravados. Uma tosse forte vai acompanhar a pessoa, drasticamente jogou o álcool, até que ele não passará de um longo curso de reabilitação. A razão para isso é o fato de que o corpo não resiste catarrhal e doenças infecciosas. Isso é uma consequência de um sistema imunológico enfraquecido.

O estômago

Ao abuso de álcool sofre de mucosa, e a pessoa recebe a tal doença, como a gastrite. A gravidade e profundidade da lesão da parede do estômago vai depender da duração do uso de álcool. Quando a doença adquire a forma crônica, o problema estende-se por todo o trato intestinal do sistema. Depois que o homem drasticamente deixei de beber álcool, ele se detectar a prisão de ventre, diarréia, vômitos pela manhã, e dias a fio, e que não traz alívio, mas, ao contrário, é acompanhada por sensações dolorosas do estômago, desagradável arrotar.

O fígado

Álcool e seus agressivo ação sobre o fígado chama uma função de transformação. Gorda distrofia fígado se manifesta moderados, seu aumento e não envolve as violações mais graves, e quando rica em proteínas distrofia as substâncias prejudiciais penetram profundamente em células do fígado e são a causa de sua morte. Mas se o álcool deixou de ser ingerida, os processos internos do fígado e a sua estrutura são restaurados ao seu estado normal. Na crônica o abuso de álcool em grandes quantidades, desenvolvem-se doenças como a cirrose e a hepatite. A hepatite pode passar de forma oculta, mas, gradualmente, passar a mais grave forma. A cirrose é o último passo de decomposição em células hepáticas, se a pessoa é longa problemas de abuso de álcool.

Rim

parar de beber

Maravilham-se com o devido impacto direto sobre eles o etanol, que é formado tóxica aguda nefropatia associada imoderados o consumo de álcool. Essa forma de doença passa rapidamente depois que, como o paciente parou de beber álcool, e a composição da urina normais. As pessoas, se eles são de longa duração a tomar grandes doses de álcool, desenvolve insuficiência renal, ela progredindo gradualmente, e quando está doente, um leaver e beber bebidas alcoólicas, o fumo, passa curso de reabilitação no hospital, ele revelam alcoólica, glomerulonefrite, juntamente com outros patológicos, as mudanças de todos os órgãos internos.

A reação negativa do organismo ao álcool, pode manifestar-se por uma variedade de sintomas, mas se a pessoa que tentou parar de beber vinho, cerveja, fumar um cigarro, quando cuidar participação de entes queridos, será colocado no hospital, ele terá a chance de recuperação da perniciosa de dependência e voltar em um processo natural da vida cotidiana.

29.09.2018