Você pode beber álcool antes de pegar a partilha e análise bioquímica de sangue e o sangue do açúcar

Um elemento-chave do sucesso do tratamento da doença — o diagnóstico atempado. Para os resultados dos exames foram precisos, você deve fazer os preparativos. Por isso, muitos a pergunta é: se é possível beber álcool antes de serem dadas as diferentes análises de sangue?

você pode beber álcool antes da distribuição de sangue

Álcool e exames de sangue

Para o diagnóstico de doenças passam a pesquisa de sangue. Para um resultado preciso, é importante eliminar o efeito de muitos fatores, que incluem o álcool. Portanto, antes de cerca de sangue para análise, os médicos exigem, para uma paciente de 1 a 2 dias não bebia álcool.

O etanol (álcool altera as características do sangue:

  • reduz o teor de glóbulos vermelhos e da hemoglobina;
  • reduz a concentração de uréia;
  • abaixa o nível de lactato;
  • reduz o índice de glicose;
  • aumenta a concentração de gordura.

Sob a influência do etanol o sangue fica viscoso, e se transforma em um mash-up de formação de coágulos. Aumento dos níveis de glóbulos vermelhos e de hemoglobina médico pode levar a sinais de megaloblástica anemia.

Mais álcool distorce os resultados da análise bioquímica do sangue. Redução do nível de ácido úrico, caracterizada por graves distúrbios circulatórios, e o aumento da concentração de gordura — o para a doença coronariana, a hepatite viral. Para não ser médico enganosa, antes de realizar exames de sangue, é importante alertá-lo sobre bêbado álcool.

Além de afetar o desempenho de sangue, o álcool tem um impacto negativo no trabalho de laboratório de tecnologia. Como resultado de reações químicas de etanol a partir de produtos químicos, torna-se impossível identificar o nível de glicose.

A maior precisão de dar resultados de análises realizadas através de reações enzimáticas. Em tais casos, o álcool é muito forte distorce os resultados.

A influência do álcool sobre os resultados

O álcool não é o único factor, efeito que deseja excluir frente da cerca de sangue para análise. No entanto, junto com o tabagismo e a alimentação inadequada reduz a precisão do diagnóstico.

Distorção de resultados dos exames quando expostos ao etanol impedem a realização de todo o significado. Quanto mais uma pessoa bebe álcool, menos precisos tornam-se os resultados da investigação de seu sangue.

Quando o general análise

Sob a influência de álcool etílico os resultados de uma pesquisa total de sangue mudam da seguinte forma:

  • os glóbulos vermelhos são destruídos;
  • aumenta o nível de colesterol (em alguns casos, a 80%);
  • cai a hemoglobina devido a uma diminuição da concentração de glóbulos vermelhos no sangue.

Se beber álcool antes de pegar a da análise de sangue, o maior perigo reside no fato que ele afeta o nível de glóbulos vermelhos, vermelho de células com conteúdo de hemoglobina. Eles transportam o oxigênio dos pulmões aos vários tecidos e órgãos, e também realizam a transferência de dióxido de carbono de volta para os pulmões.

Sob a influência do etanol ocorre a dissolução do shell de glóbulos vermelhos no sangue, devido a que eles param de mover-se de forma irregular e aproveitar uns dos outros, e assim começam a para ficar juntos. Como resultado, a concentração de células vermelhas caindo, e depois disso, cai e nível de hemoglobina. Simultaneamente se formam coágulos de sangue, o que piora a microcirculação.

deixando de sangue

O sangue sob a influência de álcool torna-se mais viscoso. A livre penetração formaram coágulos através de capilares e veias de falhas de luz torna-se difícil. O fenômeno ameaça a saúde e a vida do homem, e também torna impossível a plena exame de sangue.

O fígado sob a influência de álcool reduz a produção de lipídios, o que leva a degradação de plasma. Esses dados são fundamentais para o período de preparação do paciente para a cirurgia. Também a sua precisão é importante para o controle de recuperação de uma pessoa depois de transferidos de infecções, na cicatrização de graves feridas.

Através de uma análise de sangue, colhidas de pouco menos de 12 horas após o consumo de bebidas alcoólicas, exatamente, é possível diagnosticar somente a intoxicação do organismo. Se a hemoglobina reduzida, ele mostra o desenvolvimento megaloblástica anemia, mas o médico pode cobrar este valor beber doente de álcool.

Quando bioquímica

O que o álcool tem forte impacto nos resultados da análise bioquímica de sangue, que é o mais completo. Ele permite identificar, de quaisquer substâncias não falta o corpo, e que nela contidas em excesso e exigem a redução de suas concentrações.

Quadro clínico sob a influência de álcool altera-se da seguinte forma:

  • diminui a concentração de glicose e uréia no sangue;
  • perturbado com a absorção de oxigênio pelas células;
  • piora de bem-estar geral de uma pessoa.

O álcool etílico pode causar uma redução significativa nos níveis de glicose. Isto representa um perigo para diabéticos.

Uma concentração aumentada de ácido úrico pode ser causada pelo consumo de bebidas alcoólicas. No entanto, ela é sintoma de patologias graves da circulação do sangue, incluindo choque hemorrágico e aguda, insuficiência ventricular esquerda. Porque a uréia é responsável pela excreção de nitrogênio, o seu teor no sangue indica a gota ou artrite crônica, portanto, para o diagnóstico preciso é importante não beber álcool antes da análise.

Alcoólica bebida, bêbedo, antes de realizar exames de sangue, pode também aumentar o seu nível de gordura. Identificação dos neutros de gordura é importante para o diagnóstico de muitas patologias, incluindo a aterosclerose, isquemia cardíaca, trombose cerebral vascular, a hepatite viral.

Muitos médicos, em princípio, não usam o mesmo soluções à base de álcool meios para a realização de pesquisa de sangue, embora haja consenso de que eles ajudam a detectar a infecção. Já uma pequena quantidade de etanol pode distorcer os resultados das análises, que eles se tornam incompreensíveis até mesmo para os profissionais.

Como dizem os médicos, a maioria dos pacientes não são reconhecidos no fato de que violou a proibição e beberam álcool antes de a pesquisa de sangue. Ele é repleto de errado com o diagnóstico e a presença de grave patologia.

Além disso, se o paciente reúne-se passar por um exame de sangue capaz de ressaca, durante e após a coleta de sangue serão possíveis:

  • desmaios;
  • longas dores de cabeça;
  • náuseas;
  • vômitos.
o sangue

Então a quantidade de sangue que a pessoa dá para a análise, é uma ligeira perda para o organismo em caso de um homem sóbrio. No entanto, o álcool perturba o metabolismo e prejudica a circulação cerebral.

Se a pessoa tem ressaca, após a coleta de sangue das veias de seu cérebro é submetido a fome de oxigénio. Isso muitas vezes provoca tonturas e perda de consciência. Posteriormente, o homem ainda é muito longo podem incomodar dores de cabeça.

Devido a intoxicação por álcool frustrado função GASTROINTESTINAL. O paciente pode vomitar no consultório médico do cheiro de cloro ou álcool, de que tratam o local para a punção da agulha da seringa.

A amostra de sangue em um pouco de açúcar

A pesquisa de sangue de açúcar prescrito para pacientes que atrapalhou o metabolismo. Nesse caso, é feito um furo no dedo. Em conseqüência do uso de álcool antes do exame de sangue cresceu, o que torna problemática a sua cerca e aumenta o risco de formação de coágulos sanguíneos.

O etanol tem um efeito negativo sobre o fígado, e também para os reagentes e instrumentos de laboratório. Portanto, após a realização de exames de sangue são obtidos dois diferentes e o resultado é aumentada ou diminuída de glicose no sangue relativamente ambientes reais.

1 g. álcool etílico aumenta a quantidade de quilocalorias em 7 unidades, pois as moléculas de álcool rapidamente interferem no metabolismo. Sob a influência de enzimas hepáticas um deles é formado de glicose. Em resultado, o conteúdo de açúcar no sangue aumenta.

O álcool pode causar uma redução temporária do nível de glicose. Apenas 2,5 horas no dia de seu estável do conteúdo é fornecida pelos hidratos de carbono, chegando no trato digestivo. O resto do tempo o fígado de forma a glicose, usando os estoques de energia do organismo, mas o álcool interrompe este processo, o que provoca uma queda no nível de açúcar no sangue.

A produção de glicose voltou ao normal depois de 1-2 dias após a beber de álcool. Se a pessoa tem o risco de diabetes, o médico pode ignorá-lo, copiei o aumento de açúcar no consumo de bebidas alcoólicas. Será o tempo perdido, quando foi possível fazer a prevenção da doença.

Quando você pode beber?

O álcool distorce os resultados de todos os tipos de pesquisa de sangue. É especialmente importante abandonar o álcool, no caso, quando a análise é realizada antes de grave cirurgia.

Em alguns casos antes da pesquisa de sangue de animais uso de pequenas doses de álcool. Sobre essa possibilidade, o médico informe o paciente individualmente.

Na maioria dos casos, por 1-2 dias antes da coleta de sangue, a pessoa deve parar de beber qualquer soluções à base de álcool de uma bebida. Durante esse intervalo de tempo ocorre a atenuação de processos que afetam seriamente o organismo.

Quando se realiza o diagnóstico de HIV, hepatite B e C ou a sífilis, o tempo de abstinência do álcool aumentam o mínimo de até 3 dias, caso contrário, não será possível obter resultados precisos.

Se o seu médico se torna consciente de que o doente na véspera de consumir bebidas alcoólicas, a análise de sangue a procrastinar. Se a isso se vê mais tarde, o estudo passam novamente, quando o corpo humano é limpo de resíduos de etanol.

álcool

O único caso, quando o álcool não distorce os resultados de exames de sangue, é o diagnóstico de embriaguez, que passam motoristas e algum trabalho. Tais análises são realizadas sem aviso prévio dirigido a eles na detecção no sangue de etanol. Em todos os outros casos, diante de cerca de sangue você pode beber só água, e é de pequeno porte.

03.10.2018