As consequências negativas do consumo de álcool

Sobre o perigo do alcoolismo escrito muitos artigos científicos, no entanto, o tema não perde a relevância, o número de bebedores pesados, não se tornam menos. Por que as pessoas continuam a procurar consolo em álcool, embora entendem que os efeitos do álcool podem ser terrível?

efeitos do consumo de álcool

Você dependência de álcool tem uma característica interessante. Todos os que bebeis, quando começam a se envolver no processo, 100% de certeza de que poderão soltar-se. O álcool não causa imediata de dependência, e avaliar o dano ao corpo após uma única ingestão de bebidas alcoólicas é quase impossível. Em humanos ocorre confiança, se ele pode lidar com a influência de álcool e evitar o destino de muitos, que caiu na bebedeira.

Na verdade, o que acontece é o que está acontecendo: o número de alcoólatras cresce, e em grupo de dependentes, cada vez mais se enquadram mulheres e adolescentes.

Assim como descrever o impacto do álcool no corpo, e o que fazer para não se tornar um alcoólatra?

Mudanças no corpo bebedor

Se resumidas efeito do etanol sobre a saúde, o resultado será o seguinte:

  • o fígado começa a degenerada,
  • ocorre depressão do sistema nervoso central,
  • aumenta o risco de formação de coágulos sanguíneos,
  • são reduzidos a funções reprodutivas, e aumenta o perigo de patologias congênitas em descendentes.

Já só isso é o suficiente para desistir para sempre de bebidas alcoólicas e começar uma vida sóbria. Mas muitos não percebem que a influência negativa de álcool e considerar as preocupações dos médicos frágeis.

Neste sentido, a estatística é implacável: das crônicas de alcoólicos apenas metade vive até os quatro décadas de idade. Muitos morrem na idade de 30 a 35 anos de cirrose hepática ou ao envenenamento de baixo grau de álcool.

As conseqüências do abuso de álcool pode sentir em si mesmo, não só o bebedor de pessoas, mas também seus descendentes. Observado que os filhos de pais abusadores vez mais confrontados com problemas cardio-vascular natureza, nervosas mentais, defeitos de doenças. Muitos têm deficiência. E se há crianças, nunca fechar álcool, observados tais violações, o que falar sobre o resultado do uso prolongado de álcool adultos!

efeitos do consumo de álcool para o coração

A destruição do fígado

O fígado é uma das primeiras aceita o impacto em si. Qualquer álcool produtos neutralizado exatamente esses órgãos. Se a quantidade de álcool é grande, o fígado não consegue reciclar componentes nocivos e sob sua influência começa a degenerada. Se a falar sobre as funcionalidades do fígado, eles é ótimo. Mesmo depois de uma forte intoxicação este órgão é capaz de se recuperar totalmente, mas se as mudanças de passar o ponto de não retorno, então vem a cirrose, que não tem cura. O homem só ao vivo os restos de seus dias, sentindo dores e limitando-se quase de todo.

Para o processamento de etanol leva muito tempo, e se a pessoa usa sistematicamente o álcool, seus derivados não estão totalmente eliminada. Como resultado, ocorre a intoxicação crônica, que afeta todos os sistemas do corpo humano. O fígado é o órgão que não tem terminações nervosas e, portanto, faz-se saber apenas nos casos em que, quando o processo patológico vão muito longe.

Quando o álcool distrofia recuperação é possível, embora o tratamento terá a natureza de longa duração. Se uma pessoa continua a consumir álcool, ocorre hepatite alcoólica, e assim por diante – a cirrose hepática. Com o desenvolvimento de insuficiência hepática ocorre a encefalopatia e coma hepática. A esse tempo, a pessoa se torna muito inchado, o fígado aumenta de tamanho, características gerais adquirem o amarelo. A cirrose hepática é uma das principais causas de morte da maioria dos alcoólatras.

O efeito do etanol sobre o SNC

A mudança de humor entre os fãs de beber é visível para os outros. Se a raiva se alterna com alegria e bondade com irritabilidade, ele fala sobre o envenenamento de derivados de etanol. Com um leve embriaguez sofre o córtex cerebral, é opressa o trabalho de gestores de centros. Como resultado, o indivíduo deixa de controlar o seu comportamento e não responsável pelos próprios atos. Um aumento da concentração de etanol no sangue leva à interrupção de propulsão centros, perda de visão e dividir imagens.

Do consumo excessivo de álcool, perdem a capacidade de pensar corretamente e morrem as células nervosas. A pessoa pode ter problemas com essências e tátil sentimentos, ele se detectar vegetativas transtorno, diminui a percepção auditiva. O forte consumo de bebidas alcoólicas a intoxicação é propício para a expansão e a redução drástica dos vasos sanguíneos no cérebro, o que muitas vezes leva à morte instantânea.

Da exposição de bebidas alcoólicas quebrar as fibras nervosas. Isto leva a uma mudança emocional do estado do paciente, torna-se, ou agressivo, ou completamente indiferente a tudo o que está acontecendo. Um homem cai em depressão e perde o sentido da vida. Freqüentes consequências da ingestão de álcool – irreversíveis distúrbios mentais.

Como o álcool afeta o coração

efeitos do consumo de álcool para o fígado

Existe a crença de que o álcool reduz o colesterol ruim, e depois de beber o sangue engrossa muito. Na realidade, este é um efeito temporário, e ao uso regular de etanol o risco de desenvolvimento de trombose aumenta significativamente. O álcool deprime o sistema linfático, causando taquicardia, reduz a redução da força do miocárdio. Quando a sistemática de uso de bebidas alcoólicas para pessoas com problemas de coração, arriscam-se em uma cama de hospital.

O que mais ameaça o coração:

  • o alcoolismo leva ao desenvolvimento de hipertensão;
  • aumenta a fragilidade dos vasos sanguíneos;
  • o etanol provoca a cardiomiopatia;
  • aumenta o risco de desenvolvimento de infarto;
  • alcoólicos são mais propensos a sofrer de insuficiência cardíaca, que teetotalers.

Ao abuso de álcool ocorrem danos irreversíveis do miocárdio, o que pode ajudar a determinar se um ELETROCARDIOGRAMA. Além disso, o coração aumenta de tamanho e passa a ser uma extensão de suas cavidades.

Problemas de comunicação

Bebidas alcoólicas não é só prejudicial para a saúde, mas também nas relações familiares e com os outros. Os bebedores de maridos muitas vezes tornam-se agressivos e começam a aterrorizar a suas esposas e filhos. No fundo de álcool ocorre um grande número de aparelhos de brigas e conflitos com o batendo.

efeitos do consumo de álcool na comunicação

O alcoólatra não consegue tempo para esconder seu problema no trabalho. Sob a influência de etanol reduz a atividade cerebral, a pessoa torna-se menos eficiente no trabalho, muitas vezes esquece-se de informação relevante, não consegue se concentrar. Em última análise, o paciente fecha em si e envolve-se com os mesmos alcoólatras, como ele próprio.

O que pode ser aconselhada a pessoas que usam álcool? Pensar mais sobre a sua própria saúde e menos sobre o álcool. Se sobressaia abraços do verde da serpente não é possível, tem de iniciar a recepção de medicamentos, formam alcoólicas resistência. Hoje, essas ferramentas livres são implementadas na internet. Eles podem ser comprados sem prescrição médica, o tratamento é realizado de forma anônima. Você deve pensar sobre a organização lazer atividades, limitar o contato com as pessoas, provocando na embriaguez. Se sair da depressão é difícil, é necessário um aconselhamento especializado de um psicólogo.

08.12.2018